Sonae Sierra Brasil apresenta crescimento de 65,9% no lucro líquido e soma R$ 69,5 milhões no 2T15

  • A receita líquida totalizou R$ 80 milhões, com crescimento de 2,3% em relação ao mesmo período do ano anterior
  • As vendas totais nos shoppings da companhia totalizaram R$ 1,15 bilhão, um aumento de 5,5% sobre o 2T14
  • As vendas nas mesmas lojas (SSS) cresceram 2,1% em relação ao 2T14
  • O aluguel nas mesmas lojas (SSR) apresentou crescimento de 8,4% no 2T15

A Sonae Sierra Brasil S.A. (BM&FBovespa: SSBR3), uma das maiores incorporadoras, proprietárias e administradoras de shopping centers do Brasil, anuncia seus resultados referentes ao segundo trimestre de 2015 (2T15). O lucro líquido da companhia totalizou R$ 69,5 milhões, o que representa um crescimento de 65,9% frente ao mesmo período do ano passado. A receita líquida totalizou R$ 80 milhões no trimestre, crescimento de 3,7% em relação ao 2T14, e o EBITDA ajustado do trimestre foi de R$ 56,4 milhões, 2,2% acima do 2T14.

No período, as vendas totais dos lojistas nos dez shoppings do portfólio da companhia totalizaram R$ 1,15 bilhão, aumento de 5,5% em relação ao 2T14, lideradas pelo forte crescimento de 60% nas vendas do Passeio das Águas Shopping e mais de 18% do Boulevard Londrina. O Parque D. Pedro Shopping também reportou sólido crescimento de vendas, influenciado principalmente por mudanças no mix de lojas e pela inauguração da âncora Forever 21.

No 2T15, as vendas nas mesmas lojas (SSS), apesar do impacto com a desaceleração do consumo, apresentaram crescimento de 2,1%, totalizando R$937/m² mensais. O crescimento foi liderado pelos shoppings Passeio das Águas, Boulevard Londrina e Uberlândia. Já o aluguel nas mesmas lojas (SSR) continuou resiliente e totalizou R$ 58/m² mensais no 2T15, representando um forte aumento de 8,4% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Apesar do cenário econômico delicado e do macrocenário desafiador para o varejo e o setor de shopping centers, a Sonae Sierra Brasil permanece confiante em sua estratégia para o decorrer de 2015 e em seu modelo de negócio. A empresa segue acreditando em sua boa posição para aproveitar potenciais oportunidades de crescimento que possam surgir neste cenário. Dessa forma, continua monitorando o mercado, explorando seu potencial interno de crescimento e investindo continuamente nas operações de seus shoppings, sempre com o objetivo de atualizar o mix de lojas e realizar revitalizações e expansões quando possível.

Baixar o PDF

Veja também