Sonae Sierra Brasil registra Receita Líquida de R$ 56,6 milhões

Resultados 1º trimestre de 2012

• Receita Líquida aumentou 13,9% em relação ao 1º trimestre de 2011

• O EBITDA ajustado totalizou R$ 41,9 milhões, um aumento de 10,4% em relação ao 1T11. A margem EBITDA Ajustado alcançou 74,0%

• O aluguel nas mesmas lojas (SSR) atingiu crescimento de dois dígitos (11,6%) no 1T12. As vendas nas mesmas lojas (SSS) aumentaram 7,8%

• Em janeiro de 2012, a Companhia obteve o controle do Shopping Plaza Sul e, em março, concluiu a sua primeira emissão de debêntures, totalizando R$ 300 milhões

• Em 27 de março de 2012, a empresa inaugurou seu 11º empreendimento, o Uberlândia Shopping em Minas Gerais
A Sonae Sierra Brasil, incorporadora, proprietária e administradora de shopping centers, registrou Receita Líquida de R$ 56,6 milhões e aumento de 13,9% no 1º trimestre de 2012, em relação ao mesmo período de 2011. O EBITDA Ajustado cresceu 10,4%, totalizando R$ 41,9 milhões.

As vendas totais nos shoppings da empresa aumentaram em 11,4% no 1T12 frente ao primeiro trimestre de 2011, enquanto as vendas nas mesmas lojas (SSS) e os aluguéis nas mesmas lojas (SSR) cresceram 7,8% e 11,6%, respectivamente.

Em janeiro, a Sonae Sierra Brasil obteve o controle do Shopping Plaza Sul, localizado na cidade São Paulo, um dos grandes destaques do portfólio em termos de ocupação, vendas/m2 e aluguel/m2. Também no primeiro trimestre, a empresa concluiu a sua primeira emissão de debêntures, captando R$ 300 milhões. Em março, foi inaugurado o Uberlândia Shopping, 11º empreendimento da Sonae Sierra Brasil, que adicionou 45,3 mil m2 de ABL ao portfólio.

A receita bruta da Sonae Sierra Brasil totalizou R$ 61,8 milhões no 1T12, um aumento de 13,1% em relação ao 1T11. A receita de aluguel, que representa 78% da receita bruta, totalizou R$ 48,2 milhões no 1T12, um aumento de 16,5% em relação ao 1T11, devido à combinação de fortes leasing spreads, ajustes de inflação e baixa vacância. Estrutura técnica (key money) também apresentou forte aumento de 10,8% sobre 1T11, impulsionados pelo aumento de lojas comercializadas, particularmente nas expansões do Shopping Metrópole e Shopping Campo Limpo.

ANEXOS

Demonstração de Resultados e Balanço Consolidado dos negócios

Custos e Despesas

Resultado Financeiro Líquido

Resultado Operacional Líquido (NOI)

Reconciliação do EBTIDA Ajustado e FFO Ajustado

Portfólio

 

Baixar o PDF

Veja também